SECRETARIADO DIOCESANO DA PASTORAL FAMILIAR

DIOCESE DO PORTO

InícioOrganizaçãoPlano de AcçãoActividadesDia DiocesanoJornada DiocesanaMovimentosHistórico

SECRETARIADO DIOCESANO DA PASTORAL FAMILIAR

DIOCESE DO PORTO

SECRETARIADO DIOCESANO DA PASTORAL FAMILIAR

DIOCESE DO PORTO

InícioOrganizaçãoPlano de AcçãoActividadesDia DiocesanoJornada DiocesanaMovimentosHistórico

 

 

 

ECOS do DIA DIOCESANO DA FAMÍLIA

7 de Junho de 2009

Santuário de Nossa Senhora da Saúde - Carvalhos - Vila Nova de Gaia

 

Família, uma casa para o Evangelho

A celebração do Dia Diocesano da Família, na festa litúrgica da Santíssima Trindade, constitui já uma tradição na nossa diocese. Assim aconteceu de novo no domingo passado, em que cerca de 900 casais jubilados este ano quiseram congregar-se na Senhora da Saúde, nos Carvalhos, e em união com o Bispo Diocesano celebrar o jubileu dos seus 25, 50 ou 60 anos de Matrimónio.

 

   

Jubilados

 

Fruto dum trabalho persistente de muitos sacerdotes e das várias estruturas diocesanas, vicariais e paroquiais de pastoral familiar, este Dia vai-se de facto tornando cada vez mais uma expressão forte da importância do Matrimónio e da Família no mundo.

Na homilia da Eucaristia, D. Manuel Clemente começou por explicitar esta ligação Trindade-Família: Deus não se imagina, Deus é real, Deus dá-se a conhecer por Jesus e pela relação de Jesus com o Pai; Jesus apresenta-se como o Filho, que dá a conhecer o Pai – “Quem me vê, vê o Pai”, que tem como alimento fazer a vontade do Pai, que diz “Eu e o Pai somos um só”. Como sintetizou D. Manuel: “Deus é Jesus com o Pai na relação entre ambos (Espírito Santo)”. Esta realidade de Deus que é relação, que é amor, manifesta-se por sacramentos, sinais visíveis, o maior dos quais é o próprio Jesus. Na Igreja, na diversidade das vocações, concretiza-se como novo sinal a promessa “Eu estarei convosco até ao fim dos tempos”, porque é o testemunho de vida dos cristãos que continua a fazer Jesus presente e visível para os homens.
 

        Celebração Eucarística

 



O acontecimento e a notícia


Continuou assim o nosso Bispo: os casais cristãos são a verdade do amor de Deus, são um dom, uma graça oferecida por Deus ao mundo. E questionou: “Quantas pessoas já não terão sido tocadas, inquietadas, pelo vosso testemunho de amor, pela vossa fidelidade, pela vossa doação mútua e em família?”. Contrapondo às imagens distorcidas ou sensacionalistas que muitas vezes nos são transmitidas pelos media, D. Manuel insistiu ainda: “A notícia deste acontecimento não vai abrir nenhum telejornal. Mas esta é a realidade: cerca de 900 casais estão aqui a celebrar o seu amor que salvará o mundo porque é sinal de Cristo no mundo e para o mundo! Por isso nem faz falta o sol aberto, porque o sol que ilumina está aqui nesta celebração.”


A terminar, D.Manuel expressou três ideias: “Obrigado pelo sinal que dais, à Igreja e ao mundo”; Parabéns pelo vosso amor e pelo vosso testemunho; Transmiti, em especial aos mais novos, esta vivência, esta Esperança.”


Uma salva de palmas espontânea foi a resposta da assembleia que nesse gesto se mostrou agradecida e também comprometida para a Missão.
De referir ainda a presença de D. João Miranda, Bispo Auxiliar que sempre tem acompanhado a Pastoral Familiar, do Assistente Diocesano, P. Manuel Mendes (que este ano completa o seu jubileu sacerdotal e foi ali agraciado com uma lembrança), do pároco e de cerca de 20 sacerdotes da vigararia e doutros pontos da diocese. Todo o trabalho de preparação contou com o muito empenho e dedicação de casais da região pastoral, que mobilizaram e congregaram apoios diversos, sem os quais não seria possível um evento desta envergadura. Merecem menção especial a Confraria de Nossa Senhora da Saúde que, desde a primeira hora, abriu as suas portas numa total disponibilidade e colaboração, e o grande grupo de jovens que se mostrou incansável em todo o apoio logístico e na organização da celebração. Bem hajam!

 

 (Secretariado Diocesano da Pastoral Familiar - Voz Portucalense)


 

   

 

 

Secretariado Diocesano da Pastoral Familiar - Diocese do Porto

Rua Arcediago Van Zeller, 50     4050 - 621 PORTO

pastoralfamiliar@diocese-porto.pt  

 

 

 

Secretariado Diocesano da Pastoral Familiar - Diocese do Porto

Rua Arcediago Van Zeller, 50     4050 - 621 PORTO

pastoralfamiliar@diocese-porto.pt