SECRETARIADO DIOCESANO DA PASTORAL FAMILIAR

DIOCESE DO PORTO

SECRETARIADO DIOCESANO DA PASTORAL FAMILIAR

DIOCESE DO PORTO

InícioOrganizaçãoPlano de AcçãoActividadesDia DiocesanoJornada DiocesanaMovimentosHistórico

 

 

 

  

 

 CONSELHO DIOCESANO DA PASTORAL FAMILIAR

 

 

 

Teve lugar no dia 23, na Casa Diocesana de Vilar, o Conselho Diocesano da Pastoral Familiar que contou com a presença de algumas dezenas de casais provindos de todas as Regiões Pastorais da Diocese. De registar a presença do P. Alípio Barbosa, Assessor para a Pastoral Familiar, da 4ª Vigararia da Região Pastoral Porto – Aro Norte.

 

Os trabalhos foram precedidos da oração inicial – leitura da Palavra de Deus – a que se seguiu um comentário apropriado feito pelo Senhor D. João Miranda.

 

De seguida coube às Equipas paroquiais e vicariais e aos Movimentos da Pastoral Familiar, bem como ao Secretariado Diocesano, a apresentação do que foram as suas actividades durante o ano pastoral de 2005/2006 e o que serão os seus respectivos Planos de acção para 2006/2007.

 

Esta partilha foi muito enriquecedora e elucidativa, permitindo ver espaços, oportunidades, formas, métodos e criatividade múltiplas, no sentido de fazer chegar a acção da pastoral familiar às famílias da nossa Diocese. Afirmou-se a importância da complementaridade dos carismas dos Movimentos e das acções desenvolvidas, cabendo a cada comunidade encontrar os caminhos que levem à humanização e à evangelização das famílias.

 

Depois do intervalo o Conselho foi chamado a dar contributos para o Plano de Acção do Secretariado Diocesano para o ano de 2006/2007, a sugerir temas para a Jornada Diocesana de Formação e locais onde se possa realizar o Dia Diocesano da Família.

 

Reflectiu-se, ainda, qual o melhor período para a realização dos futuros Conselhos Diocesanos da Pastoral Familiar e anunciaram-se as datas dos seguintes eventos: 3/02/2007 – Jornada Diocesana de Formação da Pastoral Familiar; 3/06/2007 – Dia Diocesano da Família.

 

O Secretariado Diocesano da Pastoral Familiar sublinhou que está ao serviço da Diocese e, como tal, em total disponibilidade para colaborar na formação dos agentes da pastoral familiar e na implementação de estruturas vicariais e paroquiais e para criar pontes entre as comunidades e os Movimentos num aproveitamento racional das ferramentas e das sinergias pastorais que caracterizam cada uma das estruturas da Pastoral Familiar.

 

Lembrou a todos que devem fazer divulgar as suas actividades através do site da Pastoral Familiar – http://pastoralfamiliarporto.planetaclix.pt enviando ao Secretariado as respectivas notícias.

 

O Assistente Diocesano, P. Manuel Mendes, acentuou que o Reino de Deus se vai construindo aos bocadinhos em função da livre aceitação de cada pessoa, e que é nesta liberdade, sem medos, nem preconceitos, que a Pastoral Familiar deve ir fazendo a sua acção, na certeza de que outros nos seguirão, e que a plenitude só será possível no Céu, em Jesus Cristo.

 

D. João Miranda evocou algumas referências que foram sendo feitas durante o Conselho sobre os sacerdotes – a idade de uns, a juventude de outros e as mudanças de paróquia – para dizer que a evangelização cabe também aos leigos, naturalmente em estreita harmonia com o párocos, pelo que o esforço deve ser de conjunto, numa sintonia de complementaridade.

 

Referiu que o Evangelho de Jesus Cristo é uma proposta – “se queres, segue-Me” –  e não uma imposição que se faça a alguém, pelo que teremos de apostar em pequenos grupos, dinâmicos e activos, como no início da Igreja – “ide por todo o mundo”.

 

Com a oração final e um cântico deram-se por encerrados os trabalhos. Partimos enriquecidos com partilha do Conselho, animados pelas palavras de estímulo deixadas pela Hierarquia e esperançados no Espírito que nos abrirá, em disponibilidade e humildade, para fazermos mais e melhor na vinha do Pai.

  

O Secretariado Diocesano da Pastoral Familiar

 

 

 

Secretariado Diocesano da Pastoral Familiar - Diocese do Porto

Rua Arcediago Van Zeller, 50     4050 - 621 PORTO

pastoralfamiliar@diocese-porto.pt