Dia Diocesano da Família

O bispo do Porto salientou “quatro vias convergentes” para viver em família. Desde logo, a necessidade da comunicação entre os casais e na família. “Promover a comunicação no interior da família” – disse D. Manuel Linda acentuando que quando “não há comunicação interna na família, ela vai acontecer no exterior”. Como segunda via, o bispo do Porto assinalou que “toda a família é expressão do amor com que Cristo ama a Igreja” e apelou aos casais para viverem “a graça pascal” na vida em família. “Fazer o que faz Jesus” superando a dor de sexta-feira santa e vivendo na alegria da Ressurreição. Em terceiro lugar, D. Manuel Linda sublinhou a necessidade da existência de momentos de oração em família. Recordando que “a Igreja nasceu nas famílias”, o bispo do Porto apelou à presença de Jesus na vida de cada família em pequenos momentos de oração. Finalmente, D. Manuel frisou a necessidade dos pais respeitarem as vocações dos filhos, não impondo caminhos obrigatórios e, se possível, suscitando vocações consagradas para o serviço da Igreja.

2020-11-14T18:41:47+00:008 . Novembro . 2019|
Go to Top